Image default
Home » Bolsonaro fez fisioterapia respiratória e motora e reassume Presidência nesta quarta, diz porta-voz
Brasil

Bolsonaro fez fisioterapia respiratória e motora e reassume Presidência nesta quarta, diz porta-voz

Boletim médico diz que presidente está sem sangramento ou qualquer outra complicação. Ele foi operado na segunda-feira (28) para retirada da bolsa de colostomia.

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) sentou em uma poltrona e fez fisioterapia respiratória e motora na tarde desta terça-feira (29), no Hospital Albert Einstein, segundo boletim médico divulgado pelo centro médico da Zona Sul de São Paulo.

Bolsonaro foi operado na manhã de segunda-feira (28) para a retirada da bolsa de colostomia e a ligação entre o intestino delgado e parte do intestino grosso.

O presidente passou a maior parte desta terça sentado, fez fisioterapia motora, “uma espécie de bicicleta com as pernas, ainda deitado na cama, e exercícios respiratórios”, segundo o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros. Ele esteve acompanhado da mulher, Michelle, e do filho Carlos Bolsonaro.

Veja a íntegra do boletim médico:

“O excelentíssimo Presidente da República, Jair Bolsonaro, manteve-se estável durante o dia, sem sangramentos ou qualquer outra complicação. Permanece em jejum oral, recebendo analgésicos e hidratação endovenosa. À tarde sentou em poltrona e realizou fisioterapia respiratória e motora com bom desempenho. Por ordem médica, as visitas são restritas”, diz o boletim assinado pelos médicos Antônio Luiz Macedo (cirurgião), Leandro Echenique (clínico e cardiologista) e Miguel Cendoroglo (diretor Superintendente do Hospital Israelita Albert Einstein).

De volta à Presidência

O porta-voz disse que Bolsonaro reassumirá o cargo de presidente na manhã desta quarta-feira (30) e vai despachar de dentro do hospital. Foi montado um escritório no mesmo andar onde está internado para que o presidente possa trabalhar.

“A partir de amanhã, às 7h, o presidente reassume a Presidência da República. A despeito de algumas das restrições, ele já se encontrará amanhã em condições. Naturalmente nós tentaremos evitar que esse despacho se faça de maneira rotineira, que venha a cansá-lo. Afinal, é um homem que passou pela terceira cirurgia”, afirmou o porta-voz.

Segundo Rêgo Barros, Bolsonaro poderá receber ministros. “Esperamos que os ministros, a partir de amanhã, tenham a possibilidade de despachar com o presidente. Não que necessariamente assim o façam.”

O vice-presidente Hamilton Mourão assumiu a Presidência desde o início da cirurgia e iria permanecer no cargo por 48 horas.

Fonte G1 São Paulo

Posts relacionados

Justiça nega pedido de Lula para ir a funeral de irmão

Marconi FM

Estudantes podem consultar vagas do Sisu

Marconi FM

Bolsonaro desembarca em Brasília após viagem de quatro dias à Suíça

Marconi FM

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para aprimorar a sua experiência. Clicando em ok você concorda e pode sair a qualquer momento. Aceitar Veja mais

Política de cookies