Image default
Home » Corpo de menino que teve corpo queimado após cair em carvoaria é velado no Maranhão
Maranhão

Corpo de menino que teve corpo queimado após cair em carvoaria é velado no Maranhão

João Miguel Costa morreu após sofrer uma parada cardíaca em hospital de Goiânia. Criança teve 60% do corpo queimado após cair em forno artesanal dentro de carvoaria em Buriticupu.

O corpo de João Miguel Costa, de cinco anos, foi velado nesta sexta-feira (15) no povoado Sagrima, zona rural do município de Buriticupu, localizado a 311 km de São Luís. A criança morreu após sofrer uma parada cardíaca enquanto estava internado no Hospital de Urgência Governador Otávio Lago em Goiânia. O corpo do menino será enterrado na manhã desse sábado (16).

João Miguel estava internado no hospital desde novembro de 2018 após sofrer queimaduras de terceiro grau em 60% do corpo por ter caído em uma caieira (espécie de forno artesanal) em uma carvoaria em Buriticupu. Um avião particular que foi pago com a ajuda que a família recebeu foi responsável por transportar o corpo da criança de Goiás até o Maranhão.

João Miguel e a família viviam em uma casa bem simples no povoado, e por conta do tamanho, o corpo do menino teve que ser velado em uma tenda do lado de fora. Com a presença de familiares e amigos, o velório da criança que era o caçula de cinco irmãos, foi marcado por muita emoção e tristeza. As professoras da escola que João Miguel estudava estenderam ao lado do caixão um banner com a foto do menino e de outros coleguinhas da turma.

O acidente

Em novembro de 2018, o menino João Miguel caiu em uma caeira (espécie de forno artesanal) enquanto brincava do lado de fora de uma carvoaria. A criança estava acompanhada do pai, Francisco das Chagas Costa, que trabalhava no local. O pai da criança também ficou ferido.

Desesperado, o pai de João Miguel pulou no forno para tentar socorrer o filho. Após ter sido socorrido, a criança foi levada para um Hospital Municipal de Imperatrtiz, onde ficou na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por três dias.

Com 60% do corpo queimado, João Miguel foi transferido para o Hospital de Urgência Governador Otávio Lago em Goiânia, onde recebia tratamento e vinha evoluindo seu quadro de saúde. Segundo familiares, o menino contraiu uma infecção nos últimos dias e na quarta-feira (13) morreu após sofrer uma parada cardíaca.

Fonte: G1 Maranhão

Posts relacionados

Mãe é presa após praticar assalto a residência com filho de três anos no Maranhão

Marconi FM

Rio Turiaçu transborda e desabriga famílias em Santa Helena, no Maranhão

Marconi FM

‘Não terá sequelas físicas’, dizem médicos sobre criança torturada pela mãe em Apicum-Açu

Marconi FM

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para aprimorar a sua experiência. Clicando em ok você concorda e pode sair a qualquer momento. Aceitar Veja mais

Política de cookies