Image default
Home » Polícia prende suspeito de matar homem por causa de R$ 2 no Maranhão
Açailândia

Polícia prende suspeito de matar homem por causa de R$ 2 no Maranhão

Caso aconteceu na cidade de Açailândia. Durante a prisão, Felipe do Nascimento Araújo também estava com uma moto roubada.

A Polícia Militar da cidade de Açailândia, a 450 km de São Luís, prenderam Felipe do Nascimento Araújo, de 30 anos. Ele é suspeito de matar Francivaldo da Silva Nascimento por causa de R$ 2 no dia 13 de janeiro de 2018.

Segundo a Polícia Civil, o crime aconteceu na rodoviária de Açailândia. A vítima estava embarcando o filho em um ônibus, quando Felipe pediu a quantia em dinheiro, que foi recusado por Francivaldo.

Após não receber o dinheiro, Felipe, que seria usuário de drogas, teria ficado revoltado e desferiu uma facada no peito de Francivaldo, causando morte ainda no local.

Nesta sexta (8), policiais do Serviço de Inteligência da PM faziam rondas pela região do “Casqueiro”, quando avistaram Felipe em um local suspeito de ser ponto de comercialização de drogas. Ao perceber a presença a polícia, Felipe teria tentado fugir, mas foi agarrado pela guarnição.

Ainda segundo a PM, no momento da abordagem o suspeito não portava os documentos pessoais e da motocicleta que conduzia. Após levantamento, foi constatado que a motocicleta havia sido roubada em Dom Eliseu/PA e que Felipe era procurado pela polícia por conta do homicídio contra Francivaldo.

Após ser preso, Felipe foi levado para a Delegacia Regional e depois encaminhado à Unidade Prisional de Ressocialização de Açailândia.

Fonte: G1 Maranhão

Posts relacionados

Josibeliano Chagas “Ceará” assume novamente a presidência da Câmara de Vereadores de Açailândia

Jorge Quadros

Vale abre vagas para Jovem Aprendiz em Açailândia para curso técnico em Eletromecânica

Jorge Quadros

Açailândia: Equipes conquistam vagas no International Tournament of Robots (ITR)

Jorge Quadros

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para aprimorar a sua experiência. Clicando em ok você concorda e pode sair a qualquer momento. Aceitar Veja mais

Política de cookies