Image default
Home » Após força-tarefa, Exército aponta redução de queimadas no Maranhão
Maranhão

Após força-tarefa, Exército aponta redução de queimadas no Maranhão

Ações de combate ao fogo começaram nesta sexta (30), no município de Mirador, e conta com o apoio da Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e Comando Tático Aéreo.

O comando do Exército no Maranhão anunciou neste sábado (31) uma redução no número de queimadas no estado, após as ações da força-tarefa que faz parte da Operação Verde Brasil. Os últimos dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) apontam 6.160 focos de queimada no estado em 2019.

combate ao fogo começou nesta sexta (30) no município de Mirador, que teve recorde de focos de incêndio no começo da semana. Segundo o tenente-coronel Sousa Filho, que coordena os trabalhos, as queimadas – que tiveram um pico de 340 focos na quarta-feira (28) – , diminuíram nas últimas 48 horas.

“A gente já verificou uma redução das imagens, uma redução do números, nos relatórios que são apresentados pela Defesa Civil. Na região de Mirador, que se apresentou com o município de maior incidência, hoje nós temos um relato de seis focos de incêndio no local e nossas tropas já saíram desde cedo para atacar esses pontos”, declarou Sousa Filho.

Foto: Reprodução/TV Mirante

Operação Verde Brasil

Além do Maranhão, a operação também já foi iniciada em Rondônia e no Pará e acontece após um decreto presidencial de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) que prevê o uso das Forças Armadas em ações contra queimadas e desmatamentos ilegais em estados que fazem parte da Amazônia Legal.

Neste sábado (31), mais uma equipe com 70 homens do Exército foi enviada para Santa Inês, Peritoró e Urbano Santos para fazer o reconhecimento dessas áreas e verificar focos de incêndio.

“Mandamos uma patrulha para a direção geral sul do estado, outro na direção geral leste do estado, e outro na direção geral oeste, de forma que essas patrulhas fizessem o reconhecimento do terreno, se o decreto presidencial de proibição de queimadas está sendo cumprido, se há focos de queimada e se há alguma concentração desses focos de uma maneira descontrolada em que haja uma necessidade de ação imediata, de uma intervenção no local”, completou Sousa Filho.

As atividades de controle e prevenção as queimadas contam ainda com o apoio de agentes da Defesa Civil e militares do Corpo de Bombeiros e do Comando Tático Aéreo, que ainda fiscalizam e fazem trabalhos de conscientização com a população.

“A gente precisa fazer o combate da queimada, mas é claro que a Polícia Militar, Bombeiros e Batalhão Ambiental vai fazer as intervenções naqueles casos em que precisam fazer as autuações porque existe toda essa preocupação de que a gente controle as queimadas, e para nós controlarmos tem que evitar as queimadas criminosas”, contou o comandante do Corpo de Bombeiros no Maranhão, coronel Célio Roberto.

Fonte: G1 Maranhão

Foto destaque: Reprodução/TV Mirante

Related posts

Bebê morre após um mês de espera por transferência hospitalar no Maranhão

Marconi FM

Chuva causa alagamentos, queda de muros e deslizamento em São Luís

Marconi FM

Aposta única de Salvador ganha R$ 32,6 milhões da Mega Sena

Marconi FM

Leave a Comment

Este site utiliza cookies para aprimorar a sua experiência. Clicando em ok você concorda e pode sair a qualquer momento. Aceitar Veja mais

Política de cookies