Image default
Home » OAB e MCF emitem nota aprovando o Hospital de Campanha em Açailândia
Açailândia

OAB e MCF emitem nota aprovando o Hospital de Campanha em Açailândia

 

Açailândia faz parte de um eixo econômico e social considerado geograficamente como município sede de uma regional que compreende oito municípios atendendo em média 295 mil habitantes na área da saúde.

Além do mais, o município faz parte do corredor de uma ferrovia que liga São Luís do Maranhão a Carajás, no Pará, tendo ligações direta com dezenas de municípios maranhenses e paraenses.

Somando-se à esse aspecto geográfico, o município tem grandes empresas com um número enorme de funcionários e empresas terceirizadas que empregam centenas de funcionários que moram em Açailândia e trabalham em outros municípios e vice-versa.

No setor administrativo municipal, muitos concursados moram em outros municípios e exercem as suas atividades em Açailândia. Por exemplo, pela proximidade com Imperatriz, a maior parte destes funcionários viajam frequentemente para seus municípios de origem o que já ocasionou problemas de transmissão do Coronavírus na cidade.

O Hospital de Campanha que está sendo instalado temporariamente em Açailândia, depois de opiniões divergentes teve dois importantes apoios: OAB (Ordem dos Advogados do Brasil – Subseção-Açailândia ) e MCF (Movimento Cidadão Fiscal). Em nota pública a OAB diz: “Externar seu apoio a instalação do hospital de campanha como ação social da empresa VALE, intermediada pelo Exmº Sr. Governador para o tratamento de infecyados pela COVID-19”. Ainda na nota a OAB afirma que continuará vigilante na defesa do estado democrático de direito e dos direitos dos cidadãos.

O Movimento Cidadão Fiscal em sua nota pública de apoio a instalação do Hospital de Campanha em Açailândia começa fazendo referência a manifestações que foram postadas em redes sociais que “causaram medo e insegurança à população”, além de prestar apoio aos profissionais de saúde da cidade “…por saber dos valiosos e indispensáveis serviços prestados aos cidadãos que deles necessitam. A nota da OAB é assinada pelo seu presidente Daniel Galvão e do MCF pelo Dr. Eduardo Fábio de Lima.

Outras empresas também estão se manifestando em apoio a instalação do Hospital de Campanha por entenderem da necessidade do atendimento a população da regional que não tinha sequer um ambiente salutar para receber pacientes que porventura venham a ser contaminados pelo Coronavírus.

Por seu turno, o prefeito Aluísio Sousa, em conversa com a nossa reportagem disse que esses apoios de entidades e empresas importantes, além da população carente que é que mais sofre com a falta de atendimento vem sustentar uma tese científica de que nossa região está propícia a ter uma demanda de pacientes em larga escala. “Estamos rezando para que isso não venha a acontecer, mas como diz a maioria, ‘é melhor ter e não precisar, do que precisar e não ter’. Por isso quero agradecer ao governador Flávio Dino e à empresa VALE que está nos proporcionando esta oportunidade de cuidar do nosso povo com o carinho que ele merece”, finalizou.

Jorge Quadros

Jornalista DRT 2138

Related posts

Vale abre vagas para Jovem Aprendiz em Açailândia para curso técnico em Eletromecânica

Jorge Quadros

Farmácia Santa Maria comemora um ano de sucesso

Marconi FM

SECRETARIA DE SAÚDE ANUNCIA MAIS SEIS CASOS POSITIVOS DE CORONAVÍRUS EM AÇAILÂNDIA. AGORA SÃO OITO CASOS CONFIRMADOS

Marconi FM

Leave a Comment

Este site utiliza cookies para aprimorar a sua experiência. Clicando em ok você concorda e pode sair a qualquer momento. Aceitar Veja mais

Política de cookies